A Bolha - SNR 0509 - Um mistério resolvido




Uma esfera delicada de gás, flutua serenamente nas profundezas do espaço... 

A bolha é o remanescente visível de uma poderosa explosão de uma supernova que está na Grande Nuvem de Magalhães (LMC), uma pequena galáxia a cerca de 170 mil anos-luz de distância da Terra. 

Ondulações na superfície da bolha podem ter sido causadas por qualquer variação na densidade do gás interestelar ambiente ou por pedaços expulsos do material ejetado do interior. 

Esta enorme bolha de gás tem 23 anos-luz de diâmetro e está se expandindo a uma velocidade de mais de 11 milhões de quilômetros por hora (5.000 quilômetros por segundo).

Os astrônomos concluíram que a explosão foi de uma variedade especialmente energética e brilhante de uma supernova.

"Nota: A SNR 0509 tem no seu interior hidrogênio incandescente não observável pelo olho humano."



A bolha SR 0509 abriga uma anã brnca no seu centro e junto a esta remanescente de supernova deve estar a sua estrela companheira.

O problema é que mesmo uma inspeção cuidadosa do centro de SNR 0.509-67,5 não encontrou qualquer estrela. Isso indica que a companheira é intrinsecamente muito fraca.

Na verdade... a estrela companheira pode ser uma tênue anã branca, semelhante a estrela que explodiu porém menos massiva.  

Esta imagem da supernova remanescente 0509-67,5 foi feita pelos Grandes Observatórios da Nasa.

Dados ópticos da SNR 0509-67,5 e seu campo de estrela que o acompanha, obtida pelo Telescópio Espacial Hubble, são compostas com imagens de raios-X do Observatório de Raios-X do Chandra.

Nota: O círculo branco na foto acima marca a localização da anã branca e revela o gás que enche a imensa bolha.


Fontes: 
Hubble Site/News Center
Crédito: NASA/ESA, e Hubble Heritage Team (STSc/AURA)
http://hubblesite.org/newscenter/archive/releases/2010/27/

Astronomy Picture of the Day
Crédito de imagem: NASA, ESA, CXC, SAO, Hubble Heritage Team (ATAc/AURA), e J.Hughers (Rutger University  
http://apod.nasa.gov/apod/ap120112.html






Postagens mais visitadas