A Medusa



Trançados, filamentos de gás brilhante sugerem nome popular deste nebulosa, a Nebulosa da Medusa, também conhecido como Abell 21.

Esta Medusa é uma antiga nebulosa planetária que está a cerca de 1.500 anos-luz de distância ao longo da fronteira sul da constelação de Gêmeos e seu diâmetro é estimado em mais de 4 anos-luz.

Uma estrela quente emite poderosa radiação ultravioleta causando o brilho da nebulosa. 

A brilhante estrela do primeiro plano, perto do centro da imagem, não está relacionada a visão telescópica. 

A verdadeira estrela central da Medusa está fora do campo de visão, mas vemos seu brilho abaixo do centro no canto direita do quadro.

Fonte: Astronomy Picture of the Day 
Crédito de imagem: Observatório Europeu do Sul, VLT


http://apod.nasa.gov/apod/ap150612.html
http://www.eso.org/public/brazil/images/eso1520a/
http://www.eso.org/public/brazil/news/eso1520/



  Imagem do céu em torno da Nebulosa da Medusa

Neste quadro é possível ver a nebulosa em toda a sua extensão, uma grande quantidade de estrelas e, muito além delas, inúmeras galáxias distantes. 

Esta imagem foi criada a partir de dados do Digitized Sky Survey 2.

Crédito: ESO/Digitized Sky Survey 2



Postagens mais visitadas