Nuvens Cósmicas No Mar do Universo


A crista em forma de W da nebulosa em destaque nesta imagem é conhecida como o Muro Cygnus, o ponto mais alto, que parece o pico de uma montanha, abrange cerca de 20 anos-luz. 

O Muro Cygnus é parte de uma nebulosa de emissão maior popularmente chamada nebulosa América do Norte. 

Este muro foi esculpido pela radiação energética da região jovem, quente e com estrelas maciças; as formas escuras vistas na imagem são nuvens de gás frio e poeira onde, provavelmente, estrelas estão se formando. 

A Nebulosa da América do Norte, NGC 7000, está a cerca de 1.500 anos-luz de distância. 

Fonte: Chandra Observatório de Raio-X
Crédito de imagem: Jimmy Walker

http://apod.nasa.gov/apod/ap150312.html




NGC 1499: A Nebulosa Califórnia, que tem esse nome por lembrar o contorno da Califórnia/EUA, está localizada no Braço de Órion na Via Láctea. 

Nosso Sol também está dentro Braço de Órion, a uma distância de 1.500 anos-luz da Nebulosa Califórnia.

NGC 1499 é uma nebulosa de emissão clássica e tem em torno de 100 ano-luz de comprimento.

Em muitas imagens, o brilho mais proeminente da Nebulosa Califórnia é a luz vermelha do hidrogênio com átomos que tiveram seus elétrons arrancados (ionizado) pela luz energética das estrelas, mas na imagem acima o hidrogênio é de cor verde, enquanto o enxofre é visto em vermelho e oxigênio em azul. 

A estrela mais provável para fornecer a luz energética e ionizar a maior parte do gás nebular é a brilhante, quente e azulada Xi Persei, que está fora da borda à direita da imagem.

Fonte: Astronomy Picture of the Day
Crédito de imagem: Markus Noller (Imagens Deep Sky)







Postagens mais visitadas