Espetáculo Cósmico


O que acontece aqui?
Esta nebulosa de forma tão espetacular é a Nebulosa Calabash, OH 231.8+4.2, que está a uma distância de 4.500 anos-luz; ela está passando de nebulosa planetária para nebulosa protoplanetária.

A estrela no centro da nebulosa tem ejetado enormes quantidades de gás que atingem velocidades tremendas, que vão de um a um milhão e meio de quilômetros por hora.  

O nesta imagem o azul é a luz de hidrogênio e nitrogênio ionizado decorrentes de choques supersônicos onde o fluxo de gás força o material circundante e formam estas complexas estruturas. 

A imagem do Hubble foi tomada pouco antes do Natal 2000 com o instrumento WFPC2 (Wide Field and Planetary Camera 2).

Fonte: Space Telescope Institute
Crédito:ESA & Valentin Bujarrabal (Observatório Astronômico Nacional, Espanha)




A nebulosa NGC 7009 tem uma estrela central brilhante no centro de uma cavidade escura delimitada por um bolha de gás denso, azul e vermelho, em forma de uma bola de futebol . 

A cavidade e sua borda estão presos dentro de materiais esverdeados suavemente distribuídos na forma de um barril e composto por camadas exteriores da ex-estrela.

Em distâncias maiores, e deitado ao longo do eixo da nebulosa, um par de vermelho "alças", ou "pegas" aparece. Cada alça é unida até as pontas da cavidade por um longo jato esverdeado de material.As alças são nuvens de gás de baixa densidade. 

NGC 7009 está a cerca  1.400 anos-luz de distância na constelação de Aquário. 

A observação do telescópio Hubble foi tirada 28 de abril de 1996 pela Wide Field Planetary Camera e 2.

Fonte:Hubble Site/Nwes Center
Créditos: Bruce Balick (Universidade de Washington),(Observatório Naval dos Estados Unidos), Jason Alexander (Universidade de Washington), Arsen Hajian (Universidade Cornell), Mario Perinotto (Universidade de Florença, Itália), Patrizio Patriarchi (Arcetri Observatory, Itália ), NASA

http://hubblesite.org/newscenter/archive/releases/1997/38/image/g/
  



Postagens mais visitadas