A Arte Impressionante das Nebulosas


Esta bela imagem da Grande Nebulosa de Órion foi feita pelo WISE,      observatório espacial que está em órbita da Terra, e faz parte de um mosaico de quatro painéis, em falsa cor, tomadas em diferentes faixas de luz infrvermelha do WISE.

O poder por trás de grande parte da Nebulosa de Órion (M42) são as estrelas do aglomerado estelar do Trapézio, visto perto do centro da imagem. 

O brilho laranja em torno das estrelas, na foto, é o resultado da luz das estrelas brilhantes sendo refletida por intrincados filamentos de poeira que cobrem grande parte da região. 

Fonte: Astronomy Picture of the Day
Crédito de imagem: WISE, IRSA, NASA; Processing & Direitos de Autor: Francesco Antonucci

http://apod.nasa.gov/apod/ap150119.html



IC 4603 - a nebulosa de reflexão em Ophiuchius parece uma belíssima obra de arte. Entretanto toda essa beleza é o resultado de grandes quantidades de poeira estelar que há na nebulosa.

Poeira, globos minuto ricos em carbono e semelhante em tamanho à fumaça de cigarro, muitas vezes começam nas atmosferas exteriores de grandes estrelas frias; a poeira se dispersa quando a estrela morre e cresce à medida que é comprimida no meio interestelar.  

Densas nuvens de poeira são opacas na luz visível e podem esconder completamente as estrelas de fundo.

Nuvens de poeira menos densas tem a capacidade de refletir a luz azul das estrelas e as emissões de gases de nebulosas são normalmente brilhantes em luz vermelha. 

A fotografia acima é da parte central da nebulosa IC 4603 que rodeia a estrela brilhante SAO 184376 (na verdade 8 magnitude) que ilumina principalmente o reflexo azul nebulosa.

IC 4603 pode ser visto perto da estrela muito brilhante Antares (1 magnitude) em direção à constelação de Ophiuchus.

Fonte: Astronomy Picture of the Day
Crédito de imagem: Rolf Olsen

http://apod.nasa.gov/apod/ap140723.html



A Sh2-155 é Sharpless uma região emissão, a nebulosa Cave situada a cerca de 2.400 anos-luz de distância na direção da constelação do norte real de Cepheus, ao longo do plano da nossa galáxia Via Láctea. 

Esta caverna cósmica é um berçário estelar e  com mais de 10 anos-luz de diâmetro, tem o tamanho adequado para uma região de formação estelar.

A borda brilhante é de gás interestelar ionizado energizado pela radiação das estrelas quentes. 

Fonte: Astronomy Picture of the Day
Crédito de imagem: Bill Snyder (Bill Snyder Fotografia)

http://apod.nasa.gov/apod/ap141106.html







Postagens mais visitadas