Canyon of Fire on the Sun | NASA





"Um filamento magnético de material solar entrou em erupção no Sol no final de setembro de 2013. O filamento de 200.000 milhas rasgou a atmosfera do Sol, a coroa, deixando para trás o que parece um canyon de fogo. Visualizadores do Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbel, MD. combinaram dois dias de dados de satélite para criar um pequeno filme desde gigantesco evento do Sol.

Na realidade, o Sol não é feito de fogo, mas de algo chamado plasma: partículas tão quentes que seus elétrons se evaporam, criando um gás carregado que é entrelaçado com os campos magnéticos. 

Essas imagens foram capturadas em de 29 a 30 de setembro de 2013 pelo Solar Dynamics Observatory da NASA, ou SDO, que constantemente observa o Sol em uma variedade de comprimentos de onda.Diferentes comprimentos de onda ajudam a capturar diferentes aspectos dos eventos na coroa. 

As imagens vermelhas mostradas no filme ajudam a destacar o plasma a temperaturas de 90.000 graus F e são boas para observar os filamentos à medida que se formam e entram em erupção. 

As imagens amarelas, exibindo temperaturas de 1.000.000 de graus F, são úteis para observar o material correndo ao longo das linhas do campo magnético do Sol, visto no filme como uma arcada de loops na área da erupção.

As imagens mais escuras no início do filme mostram material a temperaturas de 1.800.000 graus F, é aqui que a imagem do canyon é mais óbvia. Ao comparar isso com as outras cores vê-se que as duas fitas que se movem mais longe umas das outras são na verdade, as pegadas dos gigantescos loops do campo magnético que estão crescendo e se expandindo enquanto o filamento os puxa para cima. "

Crédito: NASA's Goddard Space Flight Center / SDO

Este vídeo é de domínio público e pode ser baixado em:"
http://svs.gsfc.nasa.gov/goto?11379

Postagens mais visitadas